Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Os benefícios das frutas

ABACAXI

O suco de abacaxi é um excelente diurético; a polpa da fruta é constituída de 93% de água, também é rico em fibras solúveis o que confere ao abacaxi ação laxativa suave e natural, ajudando a melhorar o funcionamento do intestino e ajudando também na prisão. A acidez do abacaxi favorece, na digestão e a absorção de ferro.    
                                             
UTILIDADES MEDICINAIS
ANEMIA - A acidez do abacaxi favorece na digestão, a absorção de ferro. O anêmico pode, no intervalo das refeições, usar um pouco de suco de abacaxi diluído em água e adoçado com melado de cana.

DIURESE - O suco de abacaxi é excelente diurético.

INAPETÊNCIA - O suco de abacaxi, sem açúcar, tomado em pequena quantidade uma ou duas horas antes da refeição, ajuda a abrir o apetite.

NEFROLITÍASE - Para auxiliar na eliminação de cálculos, há tratamentos naturais específicos. O suco de abacaxi pode participar juntamente com outros sucos e chás.

Pode-se passar alguns dias com dieta exclusiva de abacaxi, e tomar chás como o de quebra-pedra, folha de abacate, cana-do-brejo e cavalinha. Convém, entretanto, seguir orientação médica para cada caso.

ABACATE

O fruto , de tamanho varíavel é uma baga ovóide ou piriforme, medindo até 20cm de comprimento. 

Contém polpa verde, finíssima comestível, que envolve a semente, grande e globulosa. Além de uma pequena porcentagem de ácidos, o abacate possui matérias graxas, proteínas, substâncias minerais, óleo pingue, açúcar, hidrato de carbono, etc. 

Com exceção da banana, o abacate tem quatro vezes mais valor nutritivo do que os outros frutos. Emprego: Prisão de ventre, flatulências, pertubações digestivas, gota, reumatismo, afecções dos rins, da pele, do fígado, etc.

As cascas são vermífugas, sendo também adequadas para o tratamento de hemorragias, desinterias e bouba. O chá de folhas por sua vez, é excelente diurético, sendo também eficaz nos seguintes casos: nevralgias, dores de cabeça, catarros, bronquite, diarréia, afecções da garganta, cansaço, dispepsia atônica, rouquidão, tosse, disenteria, etc.

Utilidades Medicinais

AFTA - Mastigar folhas tenras de abacateiro. Bem lavadas.

AMIGDALITE - Gargarejo com o chá das folhas do abacateiro. Combinar com chá de tanchagem para maximizar o efeito.

BRONQUITE - Chá morno das folhas do abacateiro.O efeito é melhor quando se torna esse chá às colheradas misturado com própolis e chá de guaco.Duas a quatro xícaras por dia.

CANSAÇO - Afirma-se que a folha do abacateiro contém propriedades revitalizantes. Usar esporadicamente o chá juntamente com limão e mel.

DIARRÉIA - Caroço tostado e moído bem fino. Dissolver duas colherinhas deste pó em uma xícara de água morna. O efeito é mais potente se, em lugar de água, for utilizado o decocto dos brotos da goiabeira.

DISTÚRBIOS DA DIGESTÃO - Recomenda-se o chá das folhas do abacateiro para a dispepsia atônica

DOR-DE -CABEÇA - Compressas mornas com o chá das folhas à cabeça.Convém também tomar este chá

TOSSE - Chá das folhas do abacateiro, morno, com mel, tomado aos goles

VERMINOSES - Lavar e moer bem a casca de abacate, e misturar em partes iguais com casca de limão ralado; acrescentar  mel e tomar em jejum uma colher de sopa.

AÇÃÍ

Os frutos são mais valiosos que o palmito. Possuem óleos essenciais, ácidos orgânicos, proteínas, fibras, pigmentos e vitaminas A, B1, B2, B5, C, e E. Sais minerais: potássio, cálcio, sódio, ferro e fósforo. 100 gramas da polpa da fruta tem 245 calorias.

Rico em flavanóides, um poderoso antioxidante que retarda o envelhecimento e reduz a destruição das células.

Combate radicais livres (flavanóides, que no açaí, são um aliado das enzimas na captura dos radicais livres).

Previne acne e espinhas.

Rico em fibras (100 gramas da fruta contêm 4 gramas de fibra).

Combate os distúrbios intestinais e a osteoporose.

Melhora a circulação sanguínea.

Rico em ferro, combate anemias e age no fortalecimento muscular.

Rico no antioxidante antocianina, essa substância combate o colesterol, os radicais livres e a arteriosclerose. 

ACEROLA

Possui as vitaminas A, B1, B2, B5 e C (em maior quantidade). Sais minerais: fósforo, cálcio e ferro. Rica em mucilagens que, neste caso, hidratam os vasos capilares, carboidratos 7% e proteínas.

Veja a comparação entre a acerola e a laranja. Aqui consideramos 100 gramas, que equivale a 9 unidades de acerola e 1 de laranja. A fruta tem aproximadamente 1800 mg de vitamina C, quantidade bem superior que a encontrada na laranja, que é de apenas 54 mg. 

A vitamina C da acerola tem uma perda acentuada a partir do momento em que ela se desprende da planta. A necessidade diária de vitamina C em uma pessoa adulta é de 60 mg. Seu suco deve ser ingerido rapidamente, pois a vitamina C se dissipa imediatamente. A vitamina A – que afasta doenças como a cegueira noturna e outras da visão, cuja quantidade diária é de 900 microgramas para os homens e 800 microgramas para as mulheres – está assim distribuída: acerola – 80 microgramas, laranja – 20 microgramas. As maiores fontes de vitamina C em frutas são: acerola, caju, manga (madura), goiaba branca e laranja. A importância da vitamina C no nosso organismo é imensa. Ela é fundamental à síntese do colágeno. Fortalece o organismo para defender-se do ataque de microorganismos. Fortalece o sistema imunológico. É muito importante para os casos de depressão. Quem está com hipotiroidismo necessita também de vitamina C. Ela nos protege contra infecções, doenças inflamatórias, fortalece os vasos capilares e hidrata-os. A absorção do mineral ferro pelo nosso organismo e o equilíbrio e harmonia dos hormônios sexuais dependem da vitamina C. E o ácido fólico só é ativado quando o nosso organismo está nutrido de vitamina C. Quem tem propensão a pedras nos rins não deve ingerir mais que 160 gramas dessa vitamina por dia.

O interesse pela acerola teve início nos anos 40, quando descobriu-se suas propriedades medicinais, principalmente o alto teor de vitamina C, o ácido ascórbico. A partir daí ela foi empregada no tratamento da gripe, afecções pulmonares, controle de hemorragias nasais e gengivais, auxiliando também no tratamento de doenças do fígado, aliviar dores musculares e nas articulações, é bom para a irritabilidade, fadiga, perda de apetite, cicatrizante...

De modo geral, fortalece o organismo como um todo e é eficiente no tratamento de anemia. É indicado na dieta de lactantes e gestantes, crianças e adolescentes , desnutridos e convalescentes físicos. Ufa!!! essa é uma fruta curandeira mesmo! Veja mais...
Ácido ascórbico, proteínas, pró-vitamina A, sucrose, ácido I-málico, ácido pantotênico, carboidratos, betacaroteno, dextrose, niacina, proteína, riboflavina, sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, sódio, tiamina e vitamina B6. Seu conteúdo em ácido ascórbico (vitamina C) é mais elevado do que em frutas como laranja, limão, abacaxi, araçá, kiwi e morango e menor que o camu-camu. 

AMEIXA

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - A ameixa seca é rica em ferro (3,50mg por l00g) e portanto convêm à dieta contra a anemia ferropriva causada por carência de ferro.

ATEROSCLEROSE - Incluir copiosamente a ameixa fresca na alimentação. ajuda a prevenir e a amenizar o processo.

BRONQUITE - Deve-se usar abundantemente a ameixa fresca e ameixa cozida. Misturar mel e própolis ao caldo do cozimento da ameixa e tomar uma colher de sopa de hora em hora.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - Tomar a ¨água de ameixas¨: deixar de molho, durante a noite, algumas ameixas e de manhã tomar água e comer  as ameixas.

RESFRIADO - descaroçar algumas ameixas secas e assar no forno. Quando estiverem bem duras, moê-las finamente. Acrescer uma colher de sopa deste pó a uma xícara de água quente. Pingar algumas gotas de suco de limão e adoçar com um pouco de mel. Tomar quente.

TOSSE - Tomar a mesma preparação indicada em resfriado, aos goles
Temos conhecimento de quatro variedades de ameixa, que são: amarela, branca, vermelha e preta. Seu valor calórico em 100 gramas é: 89, 65, 53 e 42, respectivamente. As ameixas possuem carboidratos, proteínas, gorduras,  vitaminas A, B1, B2, B5 e C.
Sais minerais: potássio 205 mg em 100 gramas, além de fósforo, cálcio, sódio, magnésio, silício e ferro. A fruta também possui hormônios femininos. Fibras (pectina).A ameixa é laxante, anti-inflamatória, diurética, depurativa, alcalinizante e desintoxicante. A fruta é ótima para combater hemorroidas, artrite, gota, reumatismo e nefrite (fruto ao natural como alimento), bem como o colesterol. A ameixa fresca irriga o cérebro, melhora os sintomas da hipocondria. Para inflamações urinárias é melhor utilizar as ameixas-pretas. Quando seca, aumenta a capacidade energética porque passa a conter 50% de açúcares.

AMORA

Partes utilizadas: Raiz, casca, folhas e frutos.

Habitat: Originária da China, onde é cultivada como alimento para o Bicho-da-seda, é planta de grande rusticidade e está aclimatada no Brasil.. História: Trazida por colonizadores europeus e asiá­ticos, não se sabe se não houve boa adaptação ou se a planta é menos comum no país por outros motivos. É relatada como tendo os mesmos princípios ativos da Amora comum.
Princípios ativos: Açúcares; Flavonóides: rutina; Taninos; Mucilagens; Pectina; Peptona; Ácidos orgânicos: ácido málico, ácido cítrico; Vitamina C; Sais minerais; Óleos essenciais; Gomas.

Farmacologia:
 Os princípios ativos são a sacarose, pectinas e a rutina, mas não há informações que comprovem seus resultados.
Propriedades medicinais: antitussígena, aperiente, diurética, laxativa, antipru-riginosa, anti-hipertensiva.

Indicações: Afecções da boca, dentes, garganta e pulmão: como antiinflamatória das mucosas do sistema respiratório, peitoral, antitussígena; Afecções da pele: dermatoses, eczemas; erupções: como antipruriginoso; Prisão de ventre-como laxante; Refrescante; Diurético.


Contra-indicações/cuidados: Em diarreia crónica. Efeitos colaterais: Aumento do número de evacuações ou diarreia pas­tosa em intestinos com tendência à diarreia.

BANANA

Originária da Ásia Meridional, de onde se difundiu para a África e América. É uma fruta deliciosa nutritiva medicinal.

É um alimento de alto valor nutritivo. Pena que a maioria das pessoas não sabe como ingeri-la para, na verdade, usufruir de todos os seus benefícios medicinais. Uma banana tem 21% de carboidratos, também é rica em proteínas. Sais minerais: potássio (cada 100 gramas possui 400 mg), sódio, fósforo, cálcio, ferro, silício, enxofre. Vitaminas: A, B1, B2, B5, C e E. Fibras solúveis. Tem uma substância chamada triptofano que, no intestino, se transforma em serotonina. Nesse orgão é que se forma o hormônio responsável pela alegria e bem-estar. É por isso que a banana é também considerada um antidepressivo natural, desde que ingerida de maneira correta.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - A banana não é relativamente, muito rica em ferro, mas tendo em vista sua boa aceitação, que facilita um consumo liberal, 3 a 5 unidades podem contribuir aproximadamente com 20 a 30% da quantidade de ferro requerida para um dia.

ASMA - Assar a muda pequena da bananeira maçã, com raiz e tudo, cortada em rodelas. Depois espremer para obter o caldo, misturar com mel de abelha e tomar diariamente um cálice.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - Recomenda-se a banana-nanica (ou banana d'água ou banana caturra). Fazer, em jejum, uma refeição com esta banana, crua, sem misturar com outros alimentos. Pode-se fazer a "cura de banana"

DESNUTRIÇÃO - A banana pode ser incluída no programa alimentar de  convalescentes de desnutrição, haja visto que é alimento rico em calorias e vitaminas. Seria vantajoso incluí-la  na merenda escolar.

OBESIDADE - Os obesos não devem abusar da banana. É preciso usá-la com regra. Algumas refeições esporádicas exclusivas de banana prata. ( 1 ou 2 unidades pequenas são indicáveis).

PARALISIA - As doenças neurológicas que levam a paralisias são às vezes tratáveis com vitaminas do complexo B. A banana, como fonte dessas vitaminas é adequada nesses casos como elemento dietético.

CAJÚ

As propriedades e benefícios do Cajueiro se concentram principalmente na Castanhas-de-Caju, que são boas fontes de energia, carboidratos, açúcares, proteínas, gorduras, fibras alimentares, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, zinco, manganês, magnésio, ferro, fósforo, fibras, potássio e inúmeros outros nutrientes e substâncias químicas.

O Cajueiro (Anacardium  occidentale) é árvore que produz o Caju, fruta que por sua vez fornece a semente conhecida como Castanha-de-Caju, alimento com muitos benefícios e propriedades. 

O Cajueiro é também conhecido como Anacardo, Acaju, Acajuíma, Marañon, Cashew (inglês), dentre outros nomes populares. O potássio presente no Caju é útil para o sangue, facilitando o processo de coagulação do sangue e ajudando na recuperação de cortes e feridas, além de beneficiar hemofílicos. As fibras da Castanha-de-Caju ajudam na digestão de outros alimentos. A Castanha-de-Caju tem um alto teor de gordura saudável. Os óleos e gorduras presentes no óleo de castanha de caju (LCC) contêm 54% de gordura monoinsaturada, 18% de gordura poliinsaturada, 16% de gordura saturada e 7% de ácido esteárico. Contêm 75% de ácido oleico, os mesmos encontrados no azeite de oliva. As gorduras monoinsaturadas reduzem os níveis de triglicérides e o magnésio reduz a pressão arterial. Manganês e magnésio são minerais encontrados em outras castanhas de caju. Estes dois minerais ajudam na formação de tecido e células.

O caju é uma fruta que merece nossa melhor acolhida à mesa . Pertence a família das anacardeáceas, em que se incluem também a manga, amoreira, imbu, a cirigüela e o cajá manga.

Utilidades Medicinais

Afta - Aplicar no local o suco dos brotos do cajueiro.

Calo - Aplicar topicamente, na forma de cataplasma, o suco  das castanhas frescas, várias vezes ao dia.

Escorbuto - Devido a sua riqueza em vitamina C , o consumo de caju é poderoso antídoto contra essa desordem carêncial.

Gripe - Tomar suco de caju.

Verrugas - O mesmo procedimento orientado em calos.

COCO

A água de coco apresenta uma associação de substâncias que a tornam especial mesmo quando comparada com bebidas produzidas pelo homem. Ela é rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos, antioxidantes, enzimas e outros fitonutrientes que ajudam o corpo a funcionar com mais eficiência. Seu conteúdo eletrolítico (mineral iônico) semelhante ao plasma humano garantiu-lhe o reconhecimento internacional como melhor reidratante oral.

Por mais que a característica hidrante dessa bebida seja a mais famosa, os benefícios que ela traz à saúde não param por aí. A água de coco, promove o equilíbrio da química corpórea, beneficiando a saúde como um todo. Ela reduz a pressão arterial e risco de doença cardíaca, previne aterosclerose, facilita as funções renais, protege contra vários tipos de câncer, facilita a digestão, o controle do níveis de glicemia no sangue, a circulação sanguínea, deixa o sistema imunológico mais ativo, possui propriedades anti-envelhecimento e ajuda na preservação de bactérias amigas do organismo.

A água-de-coco gelada mata a sede e afasta o mal-estar causado pelo calor. Mas fique sabendo que ela possui virtudes superiores a essas. Conheça agora muitas dessas virtudes. Aprenda a usá-las em favor da sua saúde e, com certeza, nunca mais você a abandonará.

O coco possui cálcio, ferro, enxofre, silício, fósforo e magnésio. Possui as vitaminas E, C, B1 (tiamina), B2 (riboflavina) e B5 (niacina).
A água-de-coco é rica em potássio e outros minerais. Ela pode ser capaz de retirar o excesso de água do organismo sem alterar a taxa de potássio, como fazem os diuréticos naturais e outros. Combate a hipertensão, purifica o sangue, combate a amebíase intestinal, a arteriosclerose , acalma os nervos, fortalece os pulmões e funções cerebrais, diminui o inchaço no pés, mãos e até mesmo o colesterol. 

Melhora a saúde da pele. Quando ingerida regularmente é um preventivo natural contra as rugas, sua água é eficaz no combate a todas as enfermidades da bexiga, bastando ingerir pelo menos um copo por dia desse hidratante natural. O coco verde tem mais água que o maduro e sua polpa é tenra. A água do coco maduro não é indicada para as pessoas com problemas cardíacos e que tenham alta taxa de colesterol no sangue. 100 gramas de coco maduro fornecem 268 calorias, enquanto a água fornece 23 calorias. Como alimento, seu valor é inegável. Possui nutrientes até superiores aos da carne, ovo, queijo, leite, pão etc. A água-de-coco possui substâncias que se assemelham ao leite materno.
Dentre as gorduras vegetais, a de coco é a que possui mais gordura saturada.

O coco é um alimento muito rico em nutrientes. Sua carne (polpa) contém 30% de gorduras, 18 % de carboidratos e 7% de proteínas, além de ser muito rica em fibras. A falta de fibras pode estar ligada a problemas como hérnia de hiato, apendicite, diverticulite, hemorroidas etc.

Por ser um purificador natural do sangue, a sua água é ótima para as pessoas que fazem ou fizeram uso de remédios fortes como antibióticos, anti-inflamatórios (principalmente os corticoides (cortisona) que fazem o organismo reter água) e hipotensores. Quem sofre com cãimbras, reumatismo, fibromialgia, artrose, osteoporose e má circulação deve tomar a água-de-coco.

GOIABA

Propriedades medicinais da goiaba

Entre as muitas frutas brasileiras, a goiaba é uma das mais comuns. É uma fruta de grande valor nutritivo. Possui quantidade razoável de sais minerais, como cálcio e fósforo.

Ajuda a tratar de: diarréias, disenterias, excesso de ácido úrico, feridas, ferimentos diversos, gripes, resfriados, retenção de líquidos.

Cicatrizante de feridas e usada no combate à diarréia.

Ajuda a prevenir à acidez do estômago.

Utilidades Medicinais

DIARRÉIA - tomar o chá das folhas tenras da goiabeira ou macerar bem a goiaba verde, cozer, coar em pano fino e aplicar clisteres com este líquido.

DISTÚRBIOS DA DIGESTÃO - Recomenda-se fazer refeições exclusivas de goiaba fresca. Pode-se também preparar um chá com os brotos da goiabeira e as folhas da laranjeira azeda.

GRAVIOLA

Evitar possíveis infecções e proteger o sistema imunológico é apenas um dos benefícios que vêm sendo percebidos na utilização de compostos feitos com base na graviola.

Também foram registradas curas para doenças estomacais, como gastrite e úlcera, e verificou-se que também pode ser usado para o controle da obesidade. Segundo o professor Frazão, a pomada foi testada inicialmente em ratos, cavalos e outros animais com enfermidades semelhantes. Com os bons resultados obtidos, iniciou-se a aplicação em seres humanos.

A fruta utilizada nas pesquisas do cientista maranhense é uma dicotiledônea da família Anonaceae, chamada Anona muricata, original das Antilhas e bastante cultivada no Nordeste do Brasil; A fruta nada mais é do que a famosa graviola que, chama a atenção por conta do seu peso e tamanho – que pode chegar a oito quilos.

Com sabor levemente azedo, destaca-se também como uma diversificada fonte de nutrientes. Cerca de 100 gramas de graviola fornecem, em média, 60 calorias, 25 mg de cálcio, 28 mg de fósforo e 26 mg de vitamina C – que representa um terço da quantidade diária recomendada.
Dentre as propriedades terapêuticas da graviola pode-se destacar o seu potencial diurético, adstringente, vitaminizante, antiinflamatório e anti-reumático. É boa fonte de vitaminas do complexo B, importantes para o metabolismo de proteínas, carboidratos e gorduras, incrementando o cardápio com vitaminas e minerais.

JACA

A Jaqueira é uma árvore da família das moráceas. Originária da Índia e de outros países da Ásia.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - Dado o seu alto teor em ferro, a jaca (especialmente o caroço) é  indicada na anemia ferropriva. Pode-se cozer o caroço como a castanha portuguesa.

TOSSE - Descaroçar os frutos, bater no liquidificador, misturar com mel e cozinhar em fogo brando por uns 40 minutos, mexendo sempre.Coar. Tomar uma colher de sopa deste xarope toda vez que a a tosse se manifestar.








LARANJA

A laranja é uma fruta que no Brasil deveria ter decida preferência e largo uso, já por sua importância como alimento, já por seu valor medicinal. Depois da banana, a fruta mais procurada e apreciada pela espécie humana é a laranja. Existem muitas dezenas de espécies de laranja, sendo que as do Brasil - mormente as da Bahia, de São Paulo e do Rio- ocupam lugar de destaque nos mercados mundiais.

UTILIDADES MEDICINAIS

ÁCIDO ÚRICO - Recomenda-se substituir refeições pela laranja, exclusivamente. Pode-se substituir o desjejum ou jantar, durante vários dias.

APETITE - Cerca de duas horas antes da refeição, recomenda-se chupar uma laranja do tipo seleta, bahia ou pêra.

ASMA - Proceder como indicado em ácido úrico . Na fase aguda recomenda-se tomar o suco morno, aos goles.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - Recomenda-se chupar algumas laranjas por dia, e comer o bagaço, bem mastigado. Pode-se fazer uma refeição exclusiva de laranja, comendo-se o bagaço.

Estimulante da Digestão - Recomenda-se substituir, esporadicamente, uma refeição por laranja.

Diurese - Fazer refeições  só de laranjas ou de seu suco, apresenta efeito notadamente diurético.

Dor-de-cabeça - Dores de cabeça precipitadas pela hipoglicemia e pelo esgotamento podem ser aliviadas chupando-se uma ou duas laranjas. O diabético só deve fazê-lo com permissão médica.

Gripe - Recomenda-se tomar suco de laranja entre as refeições, ou, simplesmente, chupá-la. Podem-se fazer refeições exclusivas de laranja. Ao deitar, tomar duas a quatro colheres de sopa do suco bem aquecido misturado com própolis. Para cada colher de sopa podem-se usar 10 gotas de própolis (solução a 30%).

Pastor Gesse James Lucena Limeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário