Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

domingo, 10 de julho de 2016

Porque Existe em Nossos Dias os "DESIGREJADOS"?

O termo desigrejado significa aqueles que não têm Igreja, os “sem igreja”, que não são oficialmente filiados a qualquer instituição convencional de culto religioso cristão; mas nem por isso se consideram desviados e menos ainda excluídos do Reino de Deus. O entendimento dos novos adeptos deste “movimento de uma igreja personalizada e doméstica” é que foram eles que se desvincularam da “igreja dos homens” e do profano sistema religioso de Babilônia, preconizado e denunciado nas Santas Escrituras.
Analisando detalhadamente esta situação que, à princípio nos assusta, passamos a questionar a razão e o porquê desses irmãos e irmãs (de congregados a pastores), tomarem a decisão de afastarem-se de suas Igrejas e denominações para ficarem assim, dessa forma, sem um lugar fixo para adorarem ao Senhor, contribuírem com seus dízimos e ofertas, louvarem ao nosso Deus, enfim, sem um maior compromisso com Cristo e o ministério. 
Algumas não, várias pessoas ultimamente tomaram esta decisão. 
Mas porque tomaram esta decisão? decepção com suas Igrejas e ministérios? falta de reconhecimento de suas atividades ministeriais e eclesiásticas? falta de uma melhor atenção por parte das nossas lideranças eclesiásticas? mau administração (ou nenhuma transparência) nas finanças da Igreja? 'dois pesos e duas medidas' para os menos favorecidos, financeiramente falando? discriminação (que é pecado e crime federal) por ter vindo de uma Igreja co-irmã, que possui os mesmos ritos sagrados da que outrora congregava e por esta razão, o tal irmão(ã) fica 'encostado', no 'gelo'? Criam-se leis, algumas até inconstitucionais, para fecharem 'o círculo' sobre si mesmos, para ninguém mais entrar, somente quem eles desejarem em seu bel prazer. 
Mas, o que a Bíblia sagrada afirma acerca deste assunto OS DESIGREJADOS? 
Vejamos então, os perigos que correm os nossos irmãos e irmãs desigrejados:
Em Hebreus 10.25 diz "Não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia".
Em Salmos 122.1 "Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor". 
NECESSITAMOS compreender que a eclesiologia bíblica e teológica não deixa ninguém com dúvidas quanto ao fundamento da igreja (Mt 16.18 " Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela"; 1 Cor 3.11 "Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo"), sua composição mística e universal (Hb 12.23 "à universal assembléia e igreja dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados") e sua presença organizada como congregação local de cristãos (At 11.26 "e tendo-o achado, o levou para Antioquia. E durante um ano inteiro reuniram-se naquela igreja e instruíram muita gente; e em Antioquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos"). 
COMPREENDAMOS que a Igreja Universal de Cristo (que não é a denominação), aquela que o mesmo virá ao seu encontro no arrebatamento é composta por crentes vivos e até mortos (mas que no dia de sua vinda ressuscitarão) que foram salvos por Ele em todas as eras e tempos.
Com base bíblica, DEVEMOS RECONHECER que existe a inegável realidade da igreja local organizada com cultos, liturgias, ministérios, lideranças, coletas, contribuições e etc. (At 2.46,47; 1 Cor 14.6; 6.1-6; 13.1-2; Ef 4.11-12; Hb 13.17; 1 Cor 6.1; Rm 15.26; 2 Cor 9.1-13; Hb 7.8; Lc 11.42).
Enfim, NECESSITAMOS também e acima de tudo COMPREENDERMOS que estamos em tal e tal Igreja para adorarmos e bendizermos ao Senhor nosso Deus, com o nosso corpo, alma e espírito, ainda que existe a presença do líder, do pastor, não estamos ali por causa dele, do homem, mas a Deus sejam as honras, as glórias e os louvores, desde agora e para sempre.
LEMBREMOS-NOS que a Obra é de Deus e não do homem; o homem é falho, humano, com facilidade corrompe-se com o poder, com a glória deste mundo; muitas vezes promete e não cumpre e com facilidade fala e esquece-se o que falou com poucos instantes depois; primeiro atende 'seus amigos e parceiros', para então atender os demais outros que, à seu ver, são uns 'ninguém', pois se não fosse assim, trataria a todos com igualdade. 
CRISTO não vem buscar ‘placa de Igreja”, mas sim ‘um povo especial zeloso de boas obras’!!!
Finalizando queridos amigos e irmãos em Cristo, gostaria de chamar a atenção daqueles que estão pretendendo sair de suas igrejas e fixarem-se nessa posição de “desigrejados”; asseguro aos tais, pela Palavra de Deus, que tal decisão não será 'a melhor das decisões' para a vida de vocês. Em Hebreus 2.9, assim está escrito "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz". 
FAÇAM uma melhor reflexão e reconsiderem este sentimento de saírem da Igreja que vocês congregam. 

Se realmente existe a necessidade justificável de desligarem-se, oriento e recomendo buscarem mais ao Senhor nosso Deus em oração e, não havendo mesmo possibilidades de permanecerem onde estão, visitem outra Igreja que prega verdadeiramente a Palavra do Senhor, para lá continuarem a servir a Deus, afirmo isso pois é uma decisão muito importante para suas vidas. 

Pastor Gesse James Lucena Limeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário