Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

terça-feira, 28 de junho de 2016

Lugar de Pastor é no Altar!!!

Gostaria de externar um pensamento, uma opinião minha de inteira particularidade.

Vivemos em um país regido pela democracia, governo em que o povo exerce a soberania, sistema político em que os cidadãos elegem os seus dirigentes por meio de eleições periódicas, regime em que há liberdade de associação e de expressão e no qual não existem distinções ou privilégios de classe hereditários ou arbitrários, país em que prevalece um governo democrático.

Em breves meses, estaremos indo às urnas em todo o Brasil eleger nossos novos dirigentes no âmbito municipal, e nos últimos anos uma leva de ministros têm colocado seus nomes para passarem pelo 'crivo' da sociedade brasileira.

Não sou contra qualquer cidadão ser candidato a algum pleito eleitoral, mas gostaria de apenas trazer alguns esclarecimentos acerca de homens que 'se dizem' chamados por Deus e acabam entrando neste 'emaranhado político', querendo abandonarem (apostatarem) do seu chamado divino (se é que um dia foram chamados e vocacionados pelo nosso Sumo Pastor Jesus para ser pastor do rebanho d'Ele).

Respeito a posição de todas as Convenções de Ministros Evangélicos do nosso país, mas sou veementemente contra pastor político em nossas Igrejas Evangélicas, pelas seguintes razões:

É O PRÓPRIO DEUS QUEM DÁ PASTORES À SUA IGREJA.

Veja o que diz Jeremias 3.15 "E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos guiarão com conhecimento e discernimento."

A vocação para o pastorado é a mais sublime de todas as vocações. John Jowett afirma em seu livro O PREGADOR, SUA VIDA E SUA OBRA, que vocação é quando todas as outras portas estão abertas, mas você só anseia entrar pela porta do ministério. São algemas invisíveis.

Deus chama pessoas diferentes, em circunstâncias diferentes, e em idades diferentes para o ministério. Chamou Jeremias no ventre da mãe. Chamou Isaías num momento de crise nacional. Chamou Paulo quando este perseguia a Igreja do Senhor.

O texto acima de Jeremias, afirma que "Deus é quem dá pastores à Igreja". O pastor não é um voluntário, mas um chamado. O seu ministério não é procurado, é recebido. Sua vocação não é terrena, é celestial. Sua motivação não está em vantagens humanas, mas em cumprir o propósito divino em sua vida.

Evidentemente, precisamos entender que a escolha divina não é  fundamentada no mérito, mas na graça.

Analise comigo: Jeremias era uma criança quando foi chamado. Ele não sabia falar. Foi Deus quem colocou sua Palavra em sua boca. Jonas era um homem que tinha dificuldade em perdoar os inimigos, e Deus o chamou e o enviou a fazer a sua obra, mesmo contra sua vontade. Paulo considerava-se o menor dos apóstolos, o menor dos santos, o maior dos pecadores, mas Deus o colocou no lugar de maior honra na história da Igreja.

Volto a repetir que nossa escolha para o serviço e salvação não é  fundamentada em  méritos, mas na graça.

Todos os salvos têm dons e ministérios no corpo de Cristo, mas nem todos são chamados para serem pastores. Não somos nós quem decidimos, mas Deus. Quem é chamado para este sublime mister não pode orgulhar-se, porque nada temos que não tenhamos recebido.

COMO PASTOR E MINISTRO DO EVANGELHO - REPRESENTANTE DE CRISTO NA TERRA, MEU LUGAR É NO ALTAR


DEUS NÃO APENAS CHAMA, MAS ESPECIFICA A MISSÃO.

O que é um pastor? O que significa pastorear?

* PASTOREAR É ALIMENTAR O REBANHO DE DEUS COM A SUA PALAVRA - Não nos cabe prover o alimento, mas oferecer o alimento. O alimento é a Palavra. Reter a Palavra ao povo de Deus é um grave pecado.

* PASTOREAR É PROTEGER O REBANHO DE DEUS DOS LOBOS VORAZES - Jesus alertou para o fato do inimigo introduzir os filhos do maligno no meio do seu povo, se a Igreja estiver dormindo. Paulo alertou para o fato dos pastores estarem vigilantes para que os lobos vorazes não penetrem no meio do rebanho de Cristo.

* PASTOREAR É GOSTAR DO CHEIRO DE OVELHA - A missão do pastor é apascentar. O pastor é alguém que convive com ovelha.  Leva para os pastos verdes as famintas, às águas tranquilas as sedentas, atravessa os vales escuros dando segurança à ovelha, aquela que está insegura e fraca carrega no colo, resgata a que caiu no abismo, disciplina aquela que põe em risco a vida do rebanho.

DEUS DÁ PASTORES SEGUNDO SEU CORAÇÃO (Jeremias 3.15 "E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos guiarão com conhecimento e discernimento")

Qual é o perfil de um pastor segundo o coração de Deus?

a) É um pastor que tem convicção de que Deus o chamou não para governar com rigor, mas para cuidar do rebanho de Cristo.

b) É um pastor que cuida da sua própria vida, antes de cuidar do povo de Deus. Ele prega e ensina o que vive, e vive o que prega e ensina. Sua vida e conduta falam mais alto em quaisquer circunstâncias.

c) É um exemplo de pastor. Ele nada considera a vida preciosa para si mesmo para velar e zelar pelo rebanho que o Senhor lhe confiou, que ele sabe convictamente, que é de Cristo. Ele dá sua vida pelo rebanho.

d) É um pastor que pastoreia TODO O REBANHO: as ovelhas dóceis e as indóceis, as afortunadas (financeiramente falando) e as menos afortunadas, aquelas mais simples.

e) É um pastor que compreende que a Igreja é de Deus e não dele. Deus nunca passou procuração para sermos donos do rebanho do Senhor. A Igreja é mesmo de Deus.

f) É um pastor que compreende que a Igreja custou muito caro para Deus, o sangue carmezim do seu filho Jesus no calvário. A Igreja é a noiva do Cordeiro, é a menina dos olhos do Senhor Jeová e Ele tem zelo pela sua Igreja.

O PASTOR DEVE APASCENTAR O REBANHO DE DEUS COM CONHECIMENTO


a) O pastor precisa conhecer bem a Palavra de Deus, deve ser um estudioso constante, deve ser um erudito, alimentando-se cotidianamente da mesma, estudando-a até mesmo se necessário for, à exaustão.

b) Somos mordomos de Cristo e precisamos oferecer um cardápio apetitoso e balanceado para o povo de Deus, cavando e oferecendo à sua Igreja, as insondáveis riquezas de Cristo.

c) Precisamos nos apresentar como obreiros aprovados, não tendo com que nos envergonhar e que manejamos bem a Palavra da verdade, realizando nosso ministério com um padrão de excelência.

d) Precisamos tratar as ovelhas de Deus com ternura. O pastor é como um pai e também como uma mãe.

e) O pastor chora com os que choram e se alegra com os se alegram.

f) O pastor trata cada ovelha de acordo com sua necessidade, com seu temperamento, com seu jeito peculiar de ser. Ele é dócil com as crianças, como Jesus que as pegou no colo. Ele trata aos mais jovens como seus filhos, aos da sua idade como seus irmãos e aos mais velhos como a seus pais.

g) As ferramentas que o pastor utiliza e jamais devem afastarem-se do seu dia a dia, são a vara e o cajado, e quando há necessidade de fazer uso das mesmas, o faz com muito carinho, respeito, consideração e amor.

Portanto, VOCÊ que é ministro do Evangelho e almeja envolver-se com política, deveria tomar uma atitude radical de renovar  seu ministério, antes que seja tarde demais, e afastar definitivamente este pensamento 'político' que creio - no seu caso, não ser de Deus.

Membros e congregados, pela Palavra de Deus e diante deste pequeno estudo bíblico acima exposto, não serão cobrados como aos pastores, que a meu ver, apostatam da sua chamada e tomam um rumo diferente daquilo que ensinam e pregam nos púlpitos sagrados.

AOS TAIS QUE AGEM DESSA FORMA, deveriam conscientizarem-se e definitivamente e informarem às suas respectivas Convenções Estaduais e Nacionais, o seu desligamento oficial dos quadros de ministros evangélicos do Brasil.

ALGUNS até afirmam que a Igreja necessita de representantes nas prefeituras, nas Câmara dos Vereadores, nas Assembleias Legislativas, na Câmara e Senado Federal, fazem referências a homens íntegros como José do Egito, José de Arimatéa, entre outros, mas isso é balela, conversa para 'boi dormir'. Deixemos esse papel para os membros e congregados das nossas Igrejas, não para VOCÊ que é REPRESENTANTE DE DEUS neste planeta.

ESQUECEM-SE o que o apóstolo dos gentios afirmou em I Timóteo 1.12 "Dou graças àquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me julgou fiel, pondo-me no seu ministério". Ele considerava-se um grande privilegiado por fazer parte do ministério de Cristo e, na verdade o é, pois fomos convocados pelo nosso Pastor Supremo, para exercer este tão nobre ofício ministerial!!!

SE DE FATO, você tem convicção da sua chamada divina, não serei criticado nem censurado por você; por outro lado, minhas costas já foram encaliçadas pelo Mestre dos mestres e estou preparado para o que, porventura vier da sua boca e coração.


E a você querido companheiro escolhido, comprado, selado, preparado e chamado pelo Pastor Jesus, aconselho-lhe que continue sendo um pastor 'segundo o coração de Deus', apascentando o rebanho de Deus com amor e carinho.

Que nosso Deus em Cristo, cada vez mais continue a nos abençoar!!!

Pastor Gesse James Lucena Limeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário