Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Aprendendo a ser Vitorioso em Tempos de Crise


          Em 2 Crônicas 20.1-22 diz assim “Depois disto sucedeu que os moabitas, e os amonitas, e com eles alguns dos meunitas vieram contra Jeosafá para lhe fazerem guerra. Vieram alguns homens dar notícia a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão de Edom, dalém do mar; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Jeosafá teve medo, e pôs-se a buscar ao Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá. E Judá se ajuntou para pedir socorro ao Senhor; de todas as cidades de Judá vieram para buscarem ao Senhor. Jeosafá pôs-se em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na casa do Senhor, diante do átrio novo, e disse: Ó Senhor, Deus de nossos pais, não és tu Deus no céu? e não és tu que governas sobre todos os reinos das nações? e na tua mão há poder e força, de modo que não há quem te possa resistir. Ó nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo Israel, e não a deste para sempre à descendência de Abraão, teu amigo? E habitaram nela, e nela edificaram um santuário ao teu nome, dizendo: Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti em nossa aflição, e tu nos ouvirás e livrarás. Agora, pois, eis que os homens de Amom, de Moabe, e do monte Seir, pelos quais não permitiste que passassem os filhos de Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram - eis como nos recompensam, vindo para lançar-nos fora da tua herança, que nos fizeste herdar. Ó nosso Deus, não os julgarás? Porque nós não temos força para resistirmos a esta grande multidão que vem contra nós, nem sabemos o que havemos de fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti. E todo o Judá estava em pé diante do Senhor, como também os seus pequeninos, as suas mulheres, e os seus filhos. Então veio o Espírito do Senhor no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaías, filho de Jeiel, filho de Matanias o levita, dos filhos de Asafe, e disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá. Assim vos diz o Senhor: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, porque a peleja não é vossa, mas de Deus. Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis na extremidade do vale, defronte do deserto de Jeruel. Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados e vede o livramento que o Senhor vos concederá, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor está convosco. Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, para o adorarem. E levantaram-se os levitas dos filhos dos coatitas e dos filhos dos coraítas, para louvarem ao Senhor Deus de Israel, em alta voz. Pela manhã cedo se levantaram saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém. Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e sereis bem sucedidos. Tendo ele tomado conselho com o povo, designou os que haviam de cantar ao Senhor e louvá-lo vestidos de trajes santos, ao saírem diante do exército, e dizer: Dai graças ao Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre. Ora, quando começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os homens de Amom, de Moabe e do monte Seir, que tinham vindo contra Judá; e foram desbaratados.”

Todos nós passamos por momentos difíceis na vida, mas infelizmente, poucos sabem lidar com essas situações e confiar que Deus pode operar um milagre.

Josafá e toda a nação de Judá estavam em grande dificuldade e aperto. A Bíblia sagrada afirma que Josafá ANDOU NO CAMINHO DE ASA, SEU PAI, E NÃO SE DESVIOU DELE, FAZENDO O QUE ERA RETO AOS OLHOS DO SENHOR.

Esmiuçando a Palavra santa, mesmo um rei como Josafá, que se esforçou em colocar em ordem a vida religiosa da nação de Judá em todos os seus aspectos  (2 Crônicas 19.4-11), buscando colocar tanto a sua vida como a do povo na presença de Deus, teve seus momentos dramáticos, de grandes dificuldades e apertos.

No texto em apreço (2 Crônicas 20.1-22), podemos observar que ele esteve diante de uma situação de medo, insegurança e desespero mesmo, quando se viu diante dos exércitos moabitas e amonitas, e apesar disso, este servo do Senhor busco em Deus a saída e saiu vitorioso.

Sabemos que nesses dias que precedem o fim dos tempos, os inimigos se levantam contra a Igreja de Cristo, procurando obter vitórias, levando muitos cristãos para situações semelhantes a que Josafá enfrentou.

É provável até que você esteja sofrendo esses ataques do inimigo (opressão, medo e insegurança), justamente no momento em que procura acertar sua vida com o Senhor.

É nessa hora que poderemos observar as várias formas com que muitas pessoas se portam: uns murmuram, reclamam de Deus por permitir que tais aconteçam, outros abandonam a fé, a Igreja, e seus projetos de permanecerem na presença do Senhor, mas outros, no entanto (e graças a Deus), buscam uma saída correta, agindo como Josafá, que nos deixou alguns passos estratégicos que conduziram à vitória e, que com carinho, gostaria que você analizasse comigo:

1º) JOSAFÁ COMPREENDEU E RECONHECEU A SUA SITUAÇÃO E FOI BUSCAR SOCORRO NO SENHOR (v. 1-6).

            A verdade é que todos nós temos medo de situações adversas, quer sejamos rei, crente em Jesus cheio de poder do alto, cheio da unção... isso faz parte do ‘ser humano’!

            Não devemos viver em função do medo, mas sim enfrentar a situação em linha de frente, de cabeça erguida como filhos do Deus vivo, e jamais ficarmos paralisados e vencidos pelo medo.

          Aliás, nossos medos, devem nos levar a buscar mais ao Senhor e jamais fugir d’Ele ou da batalha, como muitos fazem, abandonando ao Senhor, sua fé, sua Igreja, os amigos...

            Toda crise deve nos levar à buscar ao Senhor, confessando a nossa fragilidade ou pecado, buscando também apoio no povo de Deus. Se faz necessário parar de murmurar, parar de reclamar da situação. A solução acontece até mais rápido quando nos ajuntamos com a Igreja, para buscar no Senhor a saída e, respectivamente a vitória. Na hora da crise é necessário o apoio também da família e, juntos em oração e jejum a resposta do nosso Deus virá!

2º) JOSAFÁ TROUXE À LEMBRANÇA AS ALIANÇAS E PROMESSAS DE DEUS (v. 7-13).

            A questão aqui não era se Deus havia se esquecido ou não das Suas palavras, porque isto é impossível, pois a única coisa que Deus se esquece é dos nossos pecados confessados, arrependidos e abandonados.

           Deus não tem compromisso com nenhum ser humano neste planeta; Ele tem com a sua Palavra, e Ele vela para a cumprir e, em razão disso, Ele passa a ter compromisso com você e comigo. Ele é absolutamente fiel e fortalece constantemente nossa fé e esperança.

            A Palavra do nosso Deus jamais cairá por terra e, portanto em oração reinvidique o cumprimento Dela em sua vida!

3º) JOSAFÁ COLOCOU-SE NA POSIÇÃO CORRETA, E POR ISSO OUVIU AS ESTRATÉGIAS E O CONSOLO DO SENHOR (v. 14-17).

            Como é bom saber que o nosso Deus cuida de nós e toma para si todas as nossas batalhas.
            Estando com Cristo, as ‘nossas’ batalhas não são nossas, são d’Ele.

          Observamos no texto sagrado que eles estavam em jejum, oração, quebrantamento e confissão “então, veio o Espírito do Senhor... e disse”.

             Deus nunca deixa de nos responder; o problema é que, às vezes não estamos na posição de ouví-lo.

           Precisamos urgentemente, sermos treinados na prática do quebrantamento, com jejuns, orações e confissões sinceras, para ouvirmos a voz do Senhor, compreendê-la, aceitá-la e vivê-la em nossas vidas práticas diárias.

            Tais atitudes, vamos dizer assim, nos “limpam” espiritualmente e nos habilitam quanto a ouvirmos a direção de Deus para nossas vidas em muitas situações.

            É necessário termos tempo para jejum, oração e meditação na Palavra do Mestre, momentos à sós com nosso Deus, Pai e Amigo, para então Ele ser glorificado no meio das adversidades e alcançarmos a nossa tão almejada e necessária vitória!

4º) JOSAFÁ ADOROU, OBEDECEU E PROVOU A VITÓRIA (v. 18-22).

            Não basta saber quem é o Senhor e nem o que Ele pode fazer. É preciso agir!

            Tome uma atitude de fé, uma atitude de vencedor em Cristo Jesus.

         Se o Senhor já falou, só nos resta obedecer, isto é, colocar em prática Seus conselhos e assumir uma atitude de louvor e adoração.

            Agindo dessa forma, mostramos que descansamos n’Ele, em plena crise, porque cremos convictamente que a nossa vitória é certa, pelo sangue do Cordeiro. Até porque adoração, obediência e fé, andam de mãos dadas e são garantia de vitória para os santos de Deus.

            Acredito até, neste momento, que você esteja passando por alguma crise. Talvez você esteja lutando contras as hostes da maldade, enfrentando batalhas ferrenhas na crise financeira, na saúde, no emprego, no casamento, em seus sonhos ministeriais, ou até mesmo crise existencial, não sei qual a crise.          

            Veja o que Tiago escreveu “Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações, sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança; e a perseverança tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma. Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos.” (1.2-8).

            Analisando esta mensagem, neste momento me vem um questionamento: Quantos de nós conseguimos nos alegrar em meio às adversidades? Quantos têm alegria em buscar, em paz ao Senhor, pedindo-lhe sabedoria? Quantos não deixam sua fé desfalecer? Quantos acertam o caminho da fonte correta?



            ENTENDA que o inimigo não tem poder de decidir seu futuro; Esta decisão é sua (e conte com a ajuda e orientação do nosso Deus), e você precisa tomar a decisão de ser um(a) vencedor(a).

            CREIA quem nem toda crise é fracasso, caminho errado. Lembre-se que Josafá estava fazendo tudo certo e a crise bateu na sua porta.

            Problemas e quaisquer adversidades, são meios que Deus usa para crescermos.

            E, acima de tudo descanse nos braços do Senhor, que pode nos livrar de todas as adversidades mas, em geral, Ele as permite, porque Ele quer glorificar o Seu nome no meio delas e  nos dar as vitórias mais expressivas de nossas vidas, bem como nos dar mais experiência e maturidade, nos preparando para coisas maiores, mais profundas, nos habilitando à conquistas de territórios mais amplos.

          Faça a sua parte, fale com Deus com as coisas que lhe afligem e no meio da crise CONFIE no Senhor, perseverando e SEGUINDO os passos de Josafá, você sairá e estará de posse de vitória, e creia absolutamente que Deus fará a parte d’Ele.

Pastor Gesse James Lucena Limeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário