Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

segunda-feira, 3 de maio de 2010

LEIS CONTRA A FÉ CRISTÃ

FIQUE ESPERTO EM QUEM VOCÊ VAI VOTAR!

Será proibido fazer cultos ou evangelismo na rua (Reforma
Constitucional).

Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional).

As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas
e contribuições.

Programas evangélicos na televisão apenas uma hora por dia.

Pastor só poderá fazer programa de televisão, se tiver faculdade de
‘jornalismo’.

Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e
idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e
internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.

Pastores que pregarem sobre dízimos e ofertas, dependendo do número
de reclamações, serão presos.

Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela
Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão
direito a se defender por meio de ação judicial.

Igrejas que não realizarem casamento de homem com homem e mulher com
mulher, estarão fazendo ‘discriminação’, poderão ser multadas e os
pastores processados.

Querem que o dia do ‘Orgulho Gay’ seja oficializado em todas as
cidades brasileiras.

Reforma Constitucional – Mudanças no texto da Constituição que garantem a
liberdade de culto. Se aprovadas, fica proibido culto fora das igrejas
(evangelismo de rua), cultos religiosos só com portas fechadas.

1. Projeto nº 4.720/03 – Altera a legislação do ‘imposto de renda’ das
pessoas jurídicas.

2. Projeto nº 3.331/04 – Altera o artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que
trata da legislação do imposto de renda das ‘pessoas físicas’; Se convertidos em Lei, os dois projetos obrigariam as igrejas a recolherem
Impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.

Projeto nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei
4.117/62); Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e
televisão a apenas uma hora.

Projeto nº6.398/05 – Regulamenta a profissão de Jornalista. Contém artigos
que estabelecem que só poderá fazer programas de rádio e televisão, pessoas
com formação em JORNALISMO, Significa que pastores sem a formação em
jornalismo não poderão fazer programas através desses meios.

Projeto nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja
considerado preconceito religioso. Se aprovado, será considerado crime
pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais satânicos. Será proibido que
mensagens sobre essas práticas sejam veiculadas no rádio, televisão,
jornais e internet. A verdade sobre esse atos contrários a Palavra de Deus,
não poderá mais ser mostrada.

Projeto nº 952/03 – Estabelece que é crime atos religiosos que possam ser
considerados abusivos a boa-fé das pessoas. Convertido em Lei, pelo número
de reclamações, pastores serão considerados ‘criminosos’ por pregarem sobre
dízimos e ofertas.

Projeto nº 4.270/04[/b] – Determina que comentários feitos contra ações
praticadas por grupos religiosos possam ser passíveis de ação civil. Se
convertido em Lei, as Igrejas Evangélicas ficariam proibidas de pregar
sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada, como espiritismo,
feitiçaria, idolatria e outras. Se o fizerem, não terão direito a se
defender por meio de ação judicial.

Projeto de nº 216/04[/b] – Torna inelegível a função religiosa com a
governamental. Significa que todo pastor ou líder religioso lançado a
candidaturas para qualquer cargo político, não poderá de forma alguma
exercer trabalhos na igreja.

Divulguem isto para seus irmãos em Cristo!!!

Divulguem para os pastores das igrejas que vocês conhecem, para que todos estejam cientes, para não colocarmos ímpios no poder, e perder nosso direitos como pregadores da verdadeira Palavra de Deus!

E orem como nunca porque é tempo de grande batalha espiritual.

Fiquemos atentos porque o inimigo está cada dia mais se levantando para se enfiltrar e atrapalhar a vida dos Cristãos. Cada dia vemos novas, e mais novas atitudes de Satanás querendo de alguma forma nos atingir. Oremos e façamos o nosso papel.

“Quando o justo governa o povo se alegra” Provérbios 29.2 (a)

Pastor Aparecido (www.ibdbrasil.blogspot.com)
********************************************************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário