Acesse Nossas Matérias

SEIFA- Seu Seminário Teológico

SEIFA- Seu Seminário Teológico
SEIFA- Seu Seminário Teológico

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO!!!

SOMOS CREDENCIADOS PELA FACULDADE FAIFA (POR INTERMÉDIO DO SEMINÁRIO SEIFA), AMBOS INSTITUIÇÕES DE ENSINO LIGADOS À CONAMAD (CONVENÇÃO NACIONAL DOS MINISTROS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL - MINISTÉRIO DE MADUREIRA). O SEMINÁRIO SEIFA FAZ PARTE DA FACULDADE FAIFA (INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR - PORTARIA Nº 3249 / 2002, CONFORME DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, DATADO DE 28 /11 / 2002) E, POR ISSO, NOSSAS HORAS SÃO APROVEITADAS PARA FINS DE CARREIRA ESTUDANTIL COMO HORAS EXTRAS CURRICULARES, PODENDO SER APROVEITADAS EM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR. MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO CONOSCO E TEREMOS IMENSA SATISFAÇÃO DE FORNECER-LHE MAIORES INFORMAÇÕES. OBSERVE ATENTAMENTE O FOLDER / PANFLETO ACIMA E TIRE SUAS DÚVIDAS!!! Pastor GESSE JAMES LUCENA LIMEIRA (082 - 9 8863 2238 / 9 9940 2511)), PROFESSOR DE TEOLOGIA

PAGAMENTO DIGITAL SEGURO

terça-feira, 6 de abril de 2010

Como ser uma árvore boa e produzir um fruto bom

Texto: Mt 7.15-23

Introdução:

Vivemos hoje uma época onde a disseminação daquilo que é falso se tornou comum. Não precisamos andar muito em nossa cidade para encontrarmos objetos falsos: DVDs, roupas, jóias, eletroeletrônicos, tênis, enfim muita coisa hoje é de segunda classe. Possui apenas uma aparência, um selo, para parecer com o original, mas na realidade não é! É made in China! Esses objetos são em alguns casos extremamente parecidos com o real, chegando até mesmo enganar as pessoas de boa intenção, talvez até você já foi enganado. Mas infelizmente não são somente objetos falsos que encontramos nesses nossos dias. O texto em que embasamos essa mensagem nos fala basicamente, de que somos aquilo que produzimos, ou seja, se produzimos frutos bons, logo seremos uma árvore boa, porém se produzimos frutos maus, logo seremos uma árvore má. Mas para que possamos ser árvore boa e produzirmos frutos bons necessitamos fazer o que Jesus diz em Jo 15.4 “Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. O ramo de si mesmo não pode produzir fruto, se não estiver na videira. Tampouco vós podeis produzir fruto, se não permanecerdes em mim”. Só que esse “Permanecei em mim” nos dias de hoje é algo extremamente difícil de ser alcançado. Por quê? Essa é uma geração baseada na venda de uma imagem irreal, falsa. As pessoas não são quem verdadeiramente elas deveriam ser. Os seus frutos são maus, porque a árvore de suas vidas é má. Mas vocês me perguntam: Como posso produzir fruto bom e ser uma árvore boa?

1º) Não dar ouvido aos falsos profetas: Quem era o profeta no AT? Era o ponto de contato entre Deus e o povo. Eles traziam da parte Dele a mensagem que poderia ser uma denúncia do pecado do povo, um juízo contra o pecado do povo ou ainda um livramento (ou salvação) ao povo. Quando Jesus fala de falso profeta aqui Ele não esta tratando de dons espirituais, embora Jesus soubesse tudo a respeito da igreja a sua noiva. Jesus estava falando com judeus, e eles sabiam muito bem o conceito de falso profeta. Então o que fazem os falsos profetas hoje para receberem esse título?

· Em primeiro lugar não tem interesse de denunciar o pecado de ninguém: O falso profeta hoje é o homem que não tem nenhum interesse de falar sobre o erro de ninguém, ainda que esse alguém esteja pecando abertamente e todos já estão sabendo. Ele prefere colocar o pano quente em cima do problema, abafar o caso. (Ez 3.17-21)

· Em segundo lugar julgam segundo o seu coração e não segundo Deus: O falso profeta hoje procura no meio do povo de Deus bodes expiatórios para os problemas de seu ministério, com isso acaba julgando alguém como culpado por muitos de seus fracassos. Isso é uma verdadeira realidade, por isso Jesus alerta a todos, (Mt 7.1-2)

· Em terceiro lugar prometem o que Deus não prometeu: Muito mais cômodo para esses falsos profetas é sempre pregar hoje uma mensagem de um céu fácil, de uma vida próspera em todos os sentidos, de libertação das mazelas humanas. No entanto não foi isso que Jesus pregou! Jo 16.33 “No mundo tereis aflições. Mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo.”

2º) Separando-me dos falsos profetas, pois eles são lobos devoradores: Em Jo 10 Jesus diz: “Em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas”. Ele é a porta que acolhe a ovelha, que lhe traz segurança. Embora tenhamos entrado na porta do aprisco, que é Ele, ainda sim não estamos livres do lobo, por quê? Porque ele está vestido de ovelha. Tenhamos consciência dessa situação e peçamos misericórdia a Deus que não caiamos em suas garras. (2 Jo 1.10)

3º) Observando a sua vida: “Pelos seus frutos os conhecereis”. Devemos observar a vida daquele que está ao nosso lado, além de observarmos a nossa própria vida. Verificar se temos nos mostrado um exemplo perante a igreja, a família e a sociedade. Se em sua vida a pessoa se mostrar relaxada na oração, leitura bíblica, participação na casa de Deus, como poderá ela apresentar fruto bom? Da mesma forma o contrário. É uma questão de observação, Jesus está dizendo. O fim para quem não produz o bom fruto é trágico: “Toda árvore que não dá bom fruto é cortada e lançada no fogo”.

Conclusão:

Jesus encerra esse trecho dizendo que existirão não poucos, que um dia dirão: “Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?”, mas a Sua resposta para eles já esta selada: “Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade!”. Que Deus tenha misericórdia de nós!

Fonte: Presb. Calebe Mark (www.pbcalebemark.blogspot.com)
********************************************************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário